Artigos

Lançamento do livro "Direitos Humanos, Sistema de Justiça e Pesquisa Jurídica:desafios e perpectivas pela Editora da PUC-GO

No último dia 12 de março, de 2013,às 20:00 horas, na Câmara Municipal, ocorreu o lançamento do livro "Direitos Humanos,Sistema de Justiça e Pesquisa Jurídica:desafios e perpectivas pela Editora da PUC-GO. A organização foi realizado pelos professores: Célia Alves de Leles-Coordenadora do Curso de Direito-FAJ, Clovis Carvalho Britto e Raquel Miranda Barbosa, juntamente com alunos da 1.º Turma de Direito da Faculdade de Jussara, com a participação dos Professores Rejane Correa Martins e Gisley Alves de Faria. A obra teve apoio da Diretoria da Faculdade de Jussara e outros!
A obra está dividida em três eixos temáticos. O primeiro deles destaca as interfaces dos direitos humanos (ou sua violação) com o sistema prisional brasileiro a partir de estudos bibliográficos, legislativos e de pesquisas de campo. Na primeira parte, os trabalhos contemplam etnografias realizadas em unidades prisionais, inspiradas em métodos da história oral e das ciências sociais.

Não sem motivos, sublinham uma proposta interdisciplinar que, além de ampliar os horizontes de expectativas da ciência jurídica e revelar as especificidades da região do Vale do Araguaia, dão voz a indivíduos muitas vezes com vozes dissonantes ou embargadas. Tal estratégia contribui para diminuir o fosso entre teoria e prática, possibilitando uma reflexão mais adensada sobre a importância de combater as violações aos direitos humanos e, mais do que isso, a importância que os operadores do direito assumem nesse processo para além das grades do dogmatismo e do formalismo jurídico. Na seqüência, o segundo eixo explicita diferentes nuanças dos sistemas de justiça a partir de conflitos normativos, de tensões entre eficácia e ineficácia e do acesso à justiça. Nele os problemas metodológicos parecem tomar o lugar de coadjuvantes ante aos graves problemas sociais apresentados. A leitura dos trabalhos possibilita visualizarmos experiências recentes e desafios a serem enfrentados na contemporaneidade. Todavia, também demonstram soluções metodológicas e interdisciplinares significativas, seja na adoção de referenciais teórico-metodológicos para explicitar as tensões, seja na cominação da análise legislativa com estudos de caso entranhados na realidade do um Brasil interior. Do mesmo modo, as temáticas de pesquisa, além de insinuar os afetos e perceptos do pesquisador, também não deixam de revelar, em certa medida, temas que incomodam não apenas os operadores do direito, mas o espaço de possíveis em que está mergulhado. A última parte reúne trabalhos que privilegiam as relações entre direito, sustentabilidade e economia. Na verdade, mais do que temáticas fundamentais para a pesquisa e para a compreensão das novas configurações do fenômeno jurídico, tais problematizações são fundamentais para a manutenção da própria vida/ciência. As pesquisas, para além de suas relevantes contribuições temática e metodológica, contribuem para visualizarmos a importância dos operadores do direito como agentes promotores de uma educação jurídica, seja no âmbito estatal, seja no âmbito privado.Os textos reunidos se tornam metáfora e metonímia dos desafios e das perspectivas nutridas pela sociedade em relação ao universo jurídico e revelam, acima de tudo, as nuanças do olhar dos novos operadores do direito. Resta-nos, assim, estabelecermos uma teoria da prática, inspirada nos desafios e perspectivas esboçados nos textos que aqui pedem passagem.

Confira as fotos>>

Você está aqui: Home